Follow by Email

sábado, 24 de junho de 2017

Crime ambiental: Pastor e amigo são presos com sete redes e 13 kg de peixe em barco

07/06/2017 06:35

Pastor e amigo são presos com sete redes e 13 kg de peixe em barco

Priscilla Peres
  • Imprimir
  •  
  •  
Peixes que estavam mortos foram apreendidos pela polícia. (Foto: Divulgação)
Um pastor de 47 anos e um aposentado de 54 anos, ambos moradores de Aparecida do Taboado - distante 481 km de Campo Grande, foram presos por pescar com rede em rio de Mato Grosso do Sul.
De acordo com a PMA (Polícia Militar Ambiental) usando o item proibido, eles capturaram 13 kg de peixes que ainda estavam vivos e foram soltos no córrego Campo. Eles pescavam em um barco onde haviam mais redes.
Com os pescadores foram apreendidas sete redes de pesca, medindo 500 metros, um barco, um motor de popa e 3 kg de pescado que estavam mortos na embarcação. Segundo a PMA eles foram presos no início da pescaria, e poderiam ter causado danos muito maiores ao meio ambiente.
Os homens foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e saíram depois de pagar fiança. Eles também foram autuados administrativamente e multados em R$ 830 cada. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário