Follow by Email

domingo, 30 de julho de 2017

Rio: Pastor presbiteriano acusado de estuprar menina por cinco anos


José Barbosa, de 57 anos, foi preso nesta sexta-feira - Foto: Gazeta Online



Pastor carioca estupra menina por mais de 1.800 dias e o que ela diz assusta

Líder de Igreja Presbiteriana oferecia balas em troca de sexo com garotinha.



Revisado por Edimarcio Augusto Monteiro
Publicado:29 julho 2017



Alguns crimes podem causar uma verdadeira revolta em qualquer comunidade. Um deles é o #Crime de estupro. Apesar dos abusos sexuais, especialmente contra menores, serem comuns, alguns crimes ganham notoriedade na imprensa por surpreenderem ainda mais a sociedade.

Nesta sexta-feira (28), por exemplo, um pastor evangélico acabou sendo preso na região de Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, sob a acusação de ter estuprado uma das suas fiéis, uma garotinha de apenas 13 anos de idade.

Pastor estupra fiel menor de idade durante 5 anos em troca de doces e dinheiro

A prisão, segundo informações do jornal Extra e do site Gazeta Online, foi realizada por policiais militares do 34º DP.

O homem, que é líder de uma Igreja Presbiteriana, estava cometendo os abusos há pelo menos cinco anos consecutivos.

Durante mais de 1.800 dias, a menina foi vítima do abuso sexual, que apenas agora foi descoberto pelas autoridades. A fiel, de apenas 13 anos, ia ao culto onde o pastor, identificado apenas como Barbosa, pregava.

Menina estuprada por pastor no Rio de Janeiro frequentava a casa dele

Ela também frequentava quase diariamente a casa do religioso. Tanto na igreja quanto na casa acontecia a #Violência sexual assustadora. O homem dava doces e dinheiro para tentar fazer a menina ficar calada.

As investigações contra o pastor evangélico tiveram início ainda no mês de junho, quando a família da vítima decidiu denunciar aqueles que tanto confiavam.

Família de menina denunciou pastor, após garota de 13 anos revelar: 'Estou sendo estuprada'

A família da menor de idade decidiu procurar a polícia.

Os investigadores fizeram o seu trabalho e constataram que os abusos realmente aconteciam.

A mãe da menina estava muito desconfiada do comportamento da garota e começou a questioná-la sobre o que estava acontecendo. Triste e chateada, a menor acabou revelando que estava mesmo sendo estuprada.

Pastor estuprava menina de 13 anos até mesmo na igreja

Os abusos sexuais aconteciam em todas as partes, até mesmo na igreja, que fica ao lado da casa de Barbosa. A família precisava ir trabalhar e o religioso disse que poderia cuidar da garotinha, que, estranhamente, parecia estar muito afeiçoado.

A mãe não viu problema e decidiu deixar a filha ficar frequentando a casa e a igreja. O pastor ainda tinha um comércio na região e para manter a menina calada, dava dinheiro e doces para ela. O pastor chegou a ficar foragido por um mês, mas foi preso.

Jornal O Dia: 

Jornal Extra:

Gazeta Online: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário